Why Brain?

Let's Brain

Sua empresa pode ser muito mais competitiva com a Brain

Descubra a melhor vocação para um terreno

Com os estudos vocacionais da Brain, com uso de ferramentas geodemográficas, analise de oferta e estimativas de absorção, é possível ter muito mais assertividade para a determinação de um produto imobiliário ou para instalação de um ponto comercial.

Saiba o tamanho e a configuração da oferta

Com mapeamentos constantes e presenciais em todo o Brasil, acompanhamos os níveis de oferta e absorção em diversas regiões, permitindo uma avalição de oportunidades de mercado e níveis de precificação.

Conheça a demanda

Com pesquisas qualitativas, com entrevistas em profundidade, focus groups, clientes ocultos e outras abordagens, é possível entender as percepções e motivações de um consumidor para aceitação, aquisição ou rejeição de um produto.

Quantifique a demanda

Com pesquisas quantitativas in loco, com amostragens probabilísticas, determinamos o tamanho potencial da demanda por um empreendimento imobiliário ou outro produto.

Por que não estou vendendo ?

Pela metodologia de diagnósticos comerciais completos, fazemos análise e as recomendações necessárias para ativação comercial de um empreendimento ou produto.

Ache o melhor local para instalação de sua empresa

Análises de localização para varejo, operações logísticas e indústrias permitem reduzir o nível de incerteza e localizar uma ocupação comercial de forma mais adequada, de acordo com os potenciais de consumo existentes e o nível de oferta.

Tel.: +55 (41) 3243.2880

Blog

16/01/2018 Por: brain

OS BAIRROS COM OS APARTAMENTOS MAIS CAROS E MAIS BARATOS DE CURITIBA

Por: Assessoria de comunicação

Conforme a Gazeta do Povo mostrou no início desta semana, Curitiba teve 44,5% mais lançamentos nos seis primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado.

Além disso, a alta acumulada nos preços dos apartamentos lançados na cidade foi de 5,4%, mais do que o dobro da inflação oficial do período, medida pelo IPCA, de 1,62% – cenário que não se via em 2016 e que ainda está descolado do dos imóveis usados.

Os dados são da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi-PR), em parceria com a Brain Bureau de Inteligência Corporativa, e levam em consideração os imóveis vendidos na planta ou prontos para morar da capital paranaense.

Segundo os dados do último mês de agosto, o bairro com maior preço médio por metro quadrado privativo (que não inclui a área comum) continua sendo o Batel, para todas as tipologias de apartamento (um, dois, três ou quatro quartos).

Já os bairros com os menores preços variam de acordo com a tipologia. Para os apartamentos de dois quartos, por exemplo, as novas unidades Juvevê são as mais em conta no momento, com R$ 6,7 mil o preço médio do metro quadrado privativo.

Confira no infográfico abaixo os detalhes:

Quanto custam os apartamentos novos em Curitiba

Batel continua sendo o bairro com os maiores preços entre os lançamentos verticais de Curitiba, independentemente da tipologia dos apartamentos. Já a posição de bairro com os apartamentos novos mais baratos muda segundo o número de quartos. Confira o preço médio do m² privativo por tipologia e bairro*: